Colégio Inedi recebe primeira equipe de robótica da América do Sul

Desenvolver o raciocínio lógico e a criatividade por meio de uma ferramenta capaz de transformar as aulas de matérias das Ciências Exatas, como Física, Química e Matemática, em algo atrativo para os alunos. Esse foi o intuito da atividade proposta pelo Projeto Embuá do Colégio Inedi com alunos do 9º, 1º e 2º ano. A atividade foi realizada na manhã dessa quinta-feira (27-10), no auditório da escola.

A iniciativa, do professor de Física do Inedi, Adalberto Pereira Soares, tem por objetivo trabalhar a interdisciplinaridade e despertar o interesse dos alunos pela robótica. “A ideia é utilizar os resíduos eletrônicos da escola para confecção de materiais tecnológicos”, salientou.

A Robótica é uma metodologia diferenciada na educação que promove o desenvolvimento de habilidades, incentivo ao trabalho em grupo e estímulo à criatividade, além de transformar o processo de ensino e aprendizagem em uma experiência divertida.

A estudante de Letras e integrante da Equipe de Robótica, Nicole Ribeiro, ressalta que a ideia é apresentar aos alunos como funciona e proporcionar conhecimento sobre a robótica. “Mostrar que somos voluntários e que existe a oportunidade em participar de Projetos como esse. São muitas as oportunidades”, revelou.

Para a aluna do 1º ano do Inedi, Juliana Holeva, essa é uma oportunidade de participar de um universo que desperta interesse e curiosidade e que proporciona o contato com as diversas áreas do conhecimento. “A ideia é ótima”, declarou. “Eu não conhecia este universo e foi muito importante conhecer e aprender como funciona a robótica”, argumentou o estudante do 2º ano, Guilherme Baltazar.

A Equipe de Robótica The Brazilian Trail Blazers #1772, sediada na cidade de Gravataí, é ministrada pela AIDTEC, uma organização sem fins lucrativos também do município. O grupo participa, anualmente, da maior competição de robótica do mundo, a FIRST Robotics Competition – FRC, disponibilizando aos alunos além de aprendizado experiência cultural na viagem a outros países. Com o apoio de empresas parceiras o grupo realiza oficinas, aulas práticas, palestras, workshops e intercâmbios para outros países. Já participaram de competições na China, Austrália e Canadá. Nos Estados Unidos (EUA), a equipe obteve o 6º lugar dentre os 60 robôs que estavam competindo, além da conquista do prêmio com o FIRST Dean’s List Finalist Award.